Soubesse eu conjugar as palavras por forma a que cada letra reflectisse um tom que conjugados tomassem formas e cores em tela e pudesse assim alto e bom som dizer o sentimento que pela minha Terra tenho. Ai se eu soubesse. Ai assim pudesse.
Domingo, 15 de Outubro de 2006
O Nobel da Paz e a cana da pesca

O Comité Nobel da Noruega considerou, depois de anunciar como laureados o banco Grameen (banco das aldeias) e o seu fundador, Muhammad Yunus, que «a paz duradoura não pode ser atingida se não for aberto um caminho para que uma ampla parte da população saia da pobreza».
Muita gente ficou estupefacta, mas fica assim explicada a razão de ter ganho o Prémio Nobel da Paz e não da Economia.
Em vez de ser dado uma esmola, originando um circulo vicioso, é fornecida a cana da pesca, dando condições para que o indigente crie a sua própria riqueza, elevando a sua própria auto-estima, ficando melhor inserido na sociedade.



estupefactado por NunoCosmeMoreira às 00:58
link do post | favorito

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

 
arquivos
tags

actualidade(54)

bandabvcolares(19)

benfica(46)

colares(86)

cultura(40)

curiosidades(37)

desporto(31)

economia(5)

efeméride(5)

estóriasdecolares(1)

filosofia(2)

história(12)

História(1)

imagem antiga(22)

keil(3)

lamechas(1)

literatura(1)

mãoamiga(3)

marketing(23)

memorias(20)

memórias(17)

Memórias(13)

negócios(10)

Negócios(2)

para memória futura(1)

parabens(13)

pensar(8)

phrase(1)

piadinha(30)

politica(139)

porto(8)

Português(2)

praia das maçãs(8)

Praia das Maçãs(2)

precário(6)

ps(1)

quebra-tolas(2)

quem nos salva?(31)

rir(3)

sonhar(16)

sporting(16)

útil(10)

video(70)

youtube(64)

todas as tags

Em destaque no SAPO Blogs
pub