Soubesse eu conjugar as palavras por forma a que cada letra reflectisse um tom que conjugados tomassem formas e cores em tela e pudesse assim alto e bom som dizer o sentimento que pela minha Terra tenho. Ai se eu soubesse. Ai assim pudesse.
Segunda-feira, 9 de Fevereiro de 2009
Quem quer...

Quem quer comunicar, tem de procurar o melhor caminho para chegar à meta a que se propôs.
Quando alguém diz, leia-se Manuela Ferreira Leite, que não vai trilhar o caminho da política espectáculo, dos comícios, da carne assada... está a dar a resposta mais fácil aos seus receios, à sua timidez natural, procurando assim resguardar-se. Mas por outro lado tem maior dificuldade em chegar ao seu eleitorado natural.
Não estou a querer dizer que siga o exemplo daquele comentador, leia-se Marcelo Rebelo de Sousa, que quando era líder do mesmo partido no próprio dia chegou a dar 3 conferências de imprensa. Isso deixa de ser exposição mediática para passar a ser imposição.
Se eu pudesse pôr a colher na sopa, leia-se dar opinião... acredito que seria urgente a chefe da oposição rodear-se de um grupo de trabalho, de pessoas com imagem de seriedade e conhecimento, que transmitissem confiança, cada um com o seu pelouro, fazendo um governo sombra, transmitindo imagem de verdadeira alternativa. O partido estaria sempre presente, não havendo desgaste da presidente, que só falaria para colocar em causa o trabalho do actual chefe de governo. O trabalho de oposição seria mais eficaz e a líder ficaria a saber com quem é que podia contar no caso de alcançar os seus objectivos eleitorais.
Na comunicação de marketing, primeiro há a necessidade de diagnosticar e dizer o que está mal e posteriormente avançar com as próprias respostas às necessidades encontradas. Com as dificuldades verificadas diariamente, as pessoas já interiorizaram que as coisas não estão a correr bem, que há necessidade de mudança, mas para tal tem de acreditar que as propostas de outrem são melhores do que as verificadas no presente.
Este é um caminho que demora o seu tempo a verificar-se resultados, pois ninguém gosta de passar a sua intenção de voto directamente de um partido para outro, admitindo desta forma que estava errado. A abstenção num primeiro momento vai aumentar e depois haverá a transição para outra opção política.
Há a necessidade de criar a sua própria agenda política, colocando em cima da mesa um ou dois assuntos e ir trabalhando, utilizando a comunicação social para comunicar resultados, envolvendo as pessoas, para poder chegar ao maior número possível de portugueses. Se verificarmos os assuntos que podem e devem ser tratados, as eleições já não parecem estar tão longe e as pessoas precisam que lhes dêem esperança. A esperança de um futuro melhor.


tags:

estupefactado por NunoCosmeMoreira às 17:02
link do post | comentar | favorito
|

Related Posts with Thumbnails
 
DOWNLOAD
Citação Diária
arquivos
tags

actualidade(54)

bandabvcolares(19)

benfica(46)

colares(86)

cultura(40)

curiosidades(37)

desporto(31)

economia(5)

efeméride(5)

estóriasdecolares(1)

filosofia(2)

história(12)

História(1)

imagem antiga(22)

keil(3)

lamechas(1)

literatura(1)

mãoamiga(3)

marketing(23)

memorias(20)

memórias(17)

Memórias(13)

negócios(10)

Negócios(2)

parabens(13)

pensar(8)

phrase(1)

piadinha(30)

politica(139)

porto(8)

Português(2)

praia das maçãs(8)

Praia das Maçãs(2)

precário(6)

quebra-tolas(2)

quem nos salva?(31)

rir(3)

sonhar(16)

sporting(16)

útil(10)

video(70)

youtube(64)

todas as tags

Related Posts with Thumbnails